Sons da Escrita 212

20 de Fevereiro de 2009

Terceiro programa do ciclo Fernando Guimarães

Compasso a compasso, palavra a palavra, alinham-se, rigorosos, os sons da escrita.

Quando um homem interroga a água pura dos sentidos e ousa caminhar, serenamente, os esquecidos atalhos de todas as memórias, acontecem viagens — viagens entre o quase tudo e o quase nada.

Então, da raíz dos nervos da memória surge a planta de uma vida escutada no silêncio dos sons da escrita.

Sons da Escrita – à volta de uma ideia de José-António Moreira.


•••

Fernando Guimarães

A página (Fernando Guimarães)

Se colocares as tuas mãos sobre esta folha, ela deixa
de ser minha. É nesse instante que talvez a sintas
estremecer um pouco; eu hei-de aguardar apenas
um gesto que tinha ficado prometido. Será assim tudo
o que se espera? As palavras estão aqui mas não existem. Julgas
reconhecer o que já esqueceste e procuras encontrar
qualquer sentido nessa ausência. Depois, levantas
as tuas mãos. O que hás-de ler será ainda mais simples.


Page of life (Jon Anderson & Vangelis Papathanasious)

Born from the sky
we are born to this land
from a dream so far away
I was sent to your heart
with the stars shining
we are asked to live as one love
never forget, this is
Trust me to be singlet
we will sing on the days
when each voice will be a witness,
each will sing every way
There'll be no more empty promeses
we are turning an special page of life
I will be the one to hold you
in this everlasting dance of love
Hold me now forever
I can remember when
you an I came through the winter
now it's summer again.
Be mine, be my love, be my guide
together will be as one love
you can count on my life.
Born from the sky la,la,la,la,la
Words of discoragement dissapear
in your clear eyes
Never change, never doubt
what you mean to my life.


Fernando Guimarães

Começas a ler um livro (Fernando Guimarães)

Começas a ler um livro. Passado pouco tempo a tua curiosidade aumenta e, de repente, paras a leitura que estavas a fazer. Reconheceste com surpresa que era de ti mesmo que ele falava. Folheia-lo de novo e mais uma vez te deténs numa página em que se fazia referência a alguém que eras tu porque tinha diante de si um livro que é, afinal, aquele que se encontra nas tuas mãos. Trata-se de uma coincidência tão estranha que te sentes ainda mais perturbado; por isso, preferes definitivamente fechá-lo. Mas ainda olhas para ele de novo, um pouco antes de morrer.


But I might die tonight (Cat Stevens)

Don't want to work away
Doin' just what they all say
"Work hard boy and you'll find
One day you'll have a job like mine" 

'Cause I know for sure
Nobody should be that poor
To say yes or sink low
Because you happen to say so, say so, you say so 

I don't want to work away
Doing just what they all say
"Work hard boy and you'll find
One day you'll have a job like mine, job like mine, a job like mine" 

"Be wise, look ahead
Use your eyes" he said
"Be straight, think right"
But I might die tonight!


Fernando Guimarães

Onde é que guardo o tempo? (Fernando Guimarães)

Onde é que guardo o tempo? Posso agora dizer-vos
que é dentro dos olhos. Mesmo que se conservem assim límpidos
acabam por pousar neles algumas folhas. Procuro depois
que seja mais fácil este caminho onde se encontram os vestígios
dos meus passos, de qualquer encontro, de um gesto ainda
furtivo. Quantas sombras existem aí e me pertencem? Sei
que o repouso é menos que uma palavra. Talvez cheguem
as mesmas ondas que julgávamos estar há muito esquecidas,
a neblina parece ser um arco onde se reúne
o que ficou abandonado para sempre. É assim que começo a medir
o tempo. Alguns instantes reservo-os para a profundidade
da água; outros para o modo como as minhas mãos estremecem.


Time Is On My Side (Rolling Stones)

Time is on my side, yes it is 

Now you always say
That you want to be free
But you'll come running back (said you would baby)
You'll come running back (I said so many times before)
You'll come running back to me 

Time is on my side, yes it is 

You're searching for good times
But just wait and see
You'll come running back (I won't have to worry no more)
You'll come running back (spend the rest of my life with you, baby)
You'll come running back to me 

Go ahead, go ahead and light up the town
And baby, do everything your heart desires
Remember, I'll always be around
And I know, I know
Like I told you so many times before
You're gonna come back, baby
'Cause I know
You're gonna come back knocking
Yeah, knocking right on my door
Yes, yes! 

Well, time is on my side, yes it is
Time is on my side, yes it is 

'Cause I got the real love
The kind that you need
You'll come running back (said you would, baby)
You'll come running back (I always said you would)
You'll come running back, to me
Yes time, time, time is on my side, yes it is
Time, time, time is on my side, yes it is
Oh, time, time, time is on my side, yes it is
I said, time, time, time is on my side, yes it is
Oh, time, time, time is on my side
Yeah, time, time, time is on my side


Conforme envelhecemos temos cada vez mais razões para admitir que é assim que o nosso conhecimento aumenta. Mas só as crianças o sabem.


Música:

Genérico
Davy Spillane (abertura e fecho), Beatles (Fecho)

Fundos
Jami Sieber

Ligações
Jon Anderson e Vangelis Papathanasious, Cat Stevens, Rolling Stones

Textos:
Fernando Guimarães

Edição e voz:
José-António Moreira


•••|•••|•••


And in the end

the love you'll take

is equal to the love you make

© José-António Moreira 2012