FernandoEchevarria

Fernando Echevarría
Grito


Grito

Rasgaste 

o corpo da solidão. 

E agora, 

de rosa ao ombro, 

foste-te embora. 

Depois, os dentes cerraram 

a ferida ensanguentada. 

E Deus 

parece que não viu nada. 

Deus, 

não viu nada.


© José-António Moreira 2012